quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Democracia, Soberania nacional e Mundialização

.
Há quem afirme que, desta tríade, apenas podemos conciliar simultâneamente dois vértices.

Se isso for assim, e partindo do princípio básico de que, sem a Democracia assegurada, nada mais tem valor em Política, restam-nos duas hipóteses: prescindir ou da Mundialização, ou da Soberania nacional!

Dilema para mim muito fácil de solucionar: não tenho dúvidas de que, estando um belo dia a Democracia implantada em todo o Planeta e garantidos os mecanismos de segurança e prosperidade que assegurem a Soberania nacional de pequenas e médias como das grandes Nações, a Mundialização não fará falta absolutamente nenhuma...

Tornar-se-á até, quanto a mim, uma criação detestável da "civilização" hodierna, dos homens com cérebros de silicone, corações de níquel e almas de plástico!

.

Sem comentários:

Publicar um comentário